Forum para a Governação Integrada

Como medir resultados em intervenções sobre problemas sociais complexos?

"Como medir resultados em intervenções sobre problemas sociais complexos?" foi o mote da conferência que decorreu no passado dia 11 de novembro de 2016, na Faculdade de Ciências Humanas da Universidade Católica Portuguesa, em Lisboa.

"Avaliação em Governação Integrada" foi o tema da conferência dinamizada pelo Grupo de Trabalho da Avaliação, coordenado por Paulo Teixeira. O encontro foi estruturado de forma a ligar a dimensão da reflexão sobre o papel da avaliação na área das políticas e medidas de política pública com a reflexão sobre o modo como se pode melhorar a utilização da avaliação.
 
A primeira parte da conferência centrou-se na resposta às questões "Para quê que serve a avaliação?" e "O que deveríamos avaliar quando falamos em políticas públicas", numa mesa-redonda moderada por Ana Oliveira (Faculdade de Ciências Humanas - UCP), com a participação de Carla Pinto (CASES), Etelvina Ferreira (Santa Casa da Misericórdia de Lisboa), João Mourato (Instituto de Ciências Sociais) e Paulo Teixeira (Logframe; coordenador do Grupo de Trabalho da Avaliação).
 
Durante a tarde decorreram workshops com partilha de conhecimentos e boas-práticas sobre a implementação de medidas de políticas públicas concretas: 
"A avaliação em contexto de CPCJ"
"A avaliação em contexto de Redes Sociais"
"A avaliação em contexto de CLDS"

Avaliação 1

Avaliação 2

O Grupo de Trabalho comprometeu-se a integrar os contributos recolhidos como "base de trabalho para a criação de um documento que vai sintetizar princípios e valores que devem presidir à construção de avaliações em contexto de governação integrada e em contexto de complexidade, com a incorporação desses princípios em metodologias e em formas de fazer que possam ajudar a quem está no terreno e quer de facto ter processos avaliativos mais úteis e mais impactantes naquilo que é a vida das pessoas" (Paulo Teixeira).

 

O Fórum para a Governação Integrada reuniu-se em torno das questões da avaliação, refletindo sobre como medir resultados em intervenções sobre problemas sociais complexos.

Membros